4 de março de 2014

Como Elaborar um RAT - Relatório de Acidente de Trabalho



O RAT - Relatório de Acidente de Trabalho é um documento interno da empresa, este documento tem por finalidade relatar o acidente de trabalho ocorrido na empresa, com o objetivo de conscientizar a utilização de EPIs, a melhor capacitação profissional e o aprimoramento do setor por parte da empresa.

Para a elaboração desse documento é necessário que toda a equipe de segurança do trabalho e Cipa estejam trabalhando em conjunto, dessa forma teremos uma conclusão melhor dos fatos.

    Principais passos para a elaboração do relatório

1 - Se possível, converse com o acidentado e consiga o máximo de informações, tais como: 

Qual era a tarefa que estava sendo executada;
 Peça para ele descrever o que aconteceu;
 Quantas pessoas trabalhavam na atividade;
 Nome do responsável direto por ele;

2 - No local da ocorrência:

Verifique a área com todo cuidado a procura de detalhes que podem ter levado ao acidente (isso faz parte da investigação, mas se não for feito na hora, o cenário pode ser mudado e você poderá perder dados importantes);
Fotografe tudo que achar necessário;
Converse com as testemunhas (se houver);
Converse com o responsável;
Pegue os dados do acidentado, tais como: nome completo, idade, matrícula, função, tempo na empresa e na função;
Pergunte se o funcionário demonstrou ter algum problema nos últimos dias e se o mesmo faltou ao trabalho;
Qual o motivo da falta;

3 - Divulgando a ocorrência (apenas interno):

Cada empresa tem sua forma de divulgação de ocorrências, mas se você for o responsável pela divulgação, então tenha certeza do que vai escrever, pois você será cobrado depois.
Divulgação rápida - É aquele comunicado (normalmente por email) para todos os gerentes da empresa (é enviado logo após o ocorrido);
Escreva apenas o básico: Nome do acidentado; Departamento/Seção; Função; Data da ocorrência; Descrição sucinta da ocorrência; Tipo de lesão;
Divulgação detalhada - É o relatório em si (pode ser usado qualquer modelo de relatório), mas é imprescindível que já esteja acompanhado da Análise da Ocorrência com as causas      (básicas  e raíz) e o Plano de Ação.
Lembrando que, para qualquer um dos casos acima, serão utilizadas as informações que você colheu logo após a ocorrência. A agilidade e rapidez são fundamentais também para que não deixemos passar nada desapercebido. Toda informação por menor que seja é sempre muito valiosa.
Para o Relatório Final, é importante contar com a Análise da Ocorrência feita por um grupo de pessoas e não apenas pelo Técnico. As ferramentas para análise pode ser a que melhor lhe atender ou, se for o caso, aquela que a empresa já adota; tipo Árvore das causas, 5 Porquês, Ishikawa, etc...

Baixe o modelo de RAT  grátis
https://drive.google.com/file/d/0BwKv58EjJf5gNFZtT0x3ZW51Y1E/view?usp=sharing
O arquivo está aberto para que você possa editar como desejar.



  •  Facebook
  •  Twitter
  •  Google+
  •              Print Friendly Version of this pageImprimir Get a PDF version of this webpagePDF   

0 comentários:

Postar um comentário

Seja Bem Vindo!

Seu comentário é sempre bem vindo! Basta respeitar. Comente, opine, se expresse! Esse espaço é para você!
Se quiser fazer contato por e-mail, utilize o Formulário de Contato. Ao comentar você concorda com nosso Termos de Uso

Espero que tenha gostado do Blog SNC!, Volte Sempre!

* Não aceitamos propagandas de outros sites/blogs nos comentários sem a prévia autorização*