18 de janeiro de 2013

Em tempos de Dengue - Prevenção e Tratamento

Em decorrencia das chuvas dos ultimos dias em algumas regiões, tem acontecido o aumento de casos de dengue, nos foi solicitado uma matéria sobre tal, e aí está.

A dengue é conhecida no Brasil desde os tempos da colônia. O primeiro caso foi registrado em 1685, em recife. Até 1953, a dengue era considerada uma virose benigna, sem ricos de morte, até haver um surto de dengue hemorragia nas Filipinas.
Em 1692 a dengue provocou 2000 mortes em Salvador reaparecendo em novo surto em 1972.
A dengue é transmitida através do mosquito Aedes aegypti, ele tem origem africana e chegou no Brasil junto com os navios negreiros depois de uma longa viagem de seus ovos dentro de depósitos de água das embarcações.
Em 1846, o mosquito Aedes aegypti tornou-se conhecido quando uma epidemia de dengue atingiu o Rio de Janeiro e São Paulo.
Em 1957, anunciou-se que a doença estava erradicada no Brasil, embora os casos continuassem ocorrendo até 1982, quando houve uma grande epidemia em Roraima.
Em 1986, foram registradas epidemias nos estados do Rio de Janeiro, Alagoas e Ceará. Nos anos seguintes, outros estados Brasileiros foram afetados.
No rio de Janeiro, ocorreram 2 grandes epidemias em 1990 e 1991, com 90000 casos e 100000 casos respectivamente. A partir de 1995 a dengue passou a ser registrada em todas as regiões do País. Em 1998 ocorreram 510148 casos de dengue no Brasil e tem se apresentado em grandes proporções de tempos em tempos.
Atualmente a Dengue Hemorrágica está  entre as 10 principais causas de hospitalização e morte de crianças em países da Ásia Tropical. Nas Américas a primeira epidemia de Dengue Hemorrágica se deu em 1981.

Tipos de Dengue
A dengue pode se apresentar de 4 formas diferentes:  Infecção Inaperante, Debgue Clássica, Dengue Hemorrágica e Síndrome de Choque.

Infecção Inaparente
A pessoa está infectada, mas não apresenta nenhum sintoma da dengue;

Dengue Clássica
É a forma mais leve da doença, é semelhante a Gripe. Geralmente inicia-se de uma hora para a outra e dura entre 5 e 7 dias. A pessoa infectada tem febre alta (39ºC a 40ºC), dores de cabeça, cansaço, dores musculares e nas articulações, indisposição, vômito, manchas na pele;

Dengue Hemorrágica
É uma doença grave que se caracteriza por alterações da coagulação sanguínea da pessoa infectada e inicialmente se assemelha a dengue clássica, mas após o terceiro ou quarto dia da evolução da doença, surgem hemorragias nasal, gengivas e vias urinárias;

Síndrome de Choque
É a mais séria forma da dengue e se caracteriza por uma grande queda ou ausência de pressão arterial. A pessoa acometida pela doença apresenta um pulso quase imperceptível, inquietação, palidez, perda de consciência. Neste tipo de apresentação da doença, há registros de várias complicações do quadro clínico.

Prevenção
Manter recipientes, como caixas d’água, barris, tambores, tanques e cisternas, devidamente fechados. E não deixar água parada em locais como: vidros, potes, pratos e vasos de plantas ou flores, garrafas , latas, pneus, calhas de telhados, bandejas, bacias, canaletas, urnas de cemitérios, entre outros. É bom lembrar que o ovo do mosquito sobrevive até 450 dias mesmo em local seco. Caso a área receba água novamente, após 2 ou 3 dias nascerão novos mosquitos.

Tratamento
O tratamento requer bastante repouso e ingestão de muito líquido, como água, sucos naturais ou chá. Também são usados medicamentos antipiréticos que são recomendados por um médico.
O doente começa a sentir a melhora cerca de 4 dias após o início dos sintomas, que podem permanecer por 10 dias.

Em caso de suspeita de dengue, procure ajuda de um médico, este profissional irá orientá-lo a tomar as providências necessárias do seu caso.

Infográficos



Fontes: www.combateadengue.com.br/o-que-e-dengue 
  •  Facebook
  •  Twitter
  •  Google+
  •              Print Friendly Version of this pageImprimir Get a PDF version of this webpagePDF   

0 comentários:

Postar um comentário

Seja Bem Vindo!

Seu comentário é sempre bem vindo! Basta respeitar. Comente, opine, se expresse! Esse espaço é para você!
Se quiser fazer contato por e-mail, utilize o Formulário de Contato. Ao comentar você concorda com nosso Termos de Uso

Espero que tenha gostado do Blog SNC!, Volte Sempre!

* Não aceitamos propagandas de outros sites/blogs nos comentários sem a prévia autorização*