6 de janeiro de 2013

EPIs são fundamentais para prevenção de doenças


Uma atitude simples pode evitar situações de contágio de doenças dos profissionais que trabalham com saúde e proteger também os pacientes: o uso dos equipamentos de segurança individual, também conhecidos como EPIs.

Óculos, máscaras, touca, luvas, sapatos fechados e avental são equipamentos fundamentais para prevenir a contaminação dos trabalhadores da saúde e pessoas internadas. Para isso, o Hospital Municipal Dr. Mário Gatti fornece todos os EPIs, investe em campanhas de conscientização, além de seguir corretamente o calendário de saúde com a vacinação para os servidores e os exames médicos periódicos obrigatórios.

A equipe multidisciplinar da Unidade de Saúde do Trabalhador (UST), também acolhe os funcionários que procuram espontaneamente a unidade, realizando os encaminhamentos necessários para garantir o seu bem estar.

A preocupação explica-se: os profissionais de saúde estão expostos a vários tipos de enfermidades. "Além do contágio, temos de estar preocupados com as doenças decorrentes do próprio trabalho, como o estresse", explica a médica do trabalho da UST do Mário Gatti, Dalva França.
Para a proteção da saúde do trabalhador é necessário que todos sigam a Norma Regulamentadora 32 (NR-32), que indica, além do uso completo dos EPIs, o descarte correto de materiais perfurocortantes, a comunicação de acidentes de trabalho, a vacinação, a lavagem correta das mãos, o não uso de objetos de adorno (alianças, anéis, pulseiras, relógios), entre outras recomendações.

Vias aéreas
Dalva ressalta que grande parte da transmissão de doenças infectocontagiosas se dá por vias aéreas. "As pessoas precisam entender que o `incômodoÂÂ’ do uso de um EPI é muito pequeno diante do perigo do contágio de uma doença grave. Por exemplo, o contato com as secreções de um paciente soropositivo para HIV com os olhos, obriga o profissional a tomar um coquetel agressivo de medicamentos, que traz várias reações adversas ao organismo. Esse contato poderia ser facilmente evitado com o uso de óculos de proteção".
A gerente da unidade, Sandra Principi, conta que várias ações sempre são feitas nesse sentido. Neste ano, por exemplo, em parceria com a CIPA e com a colaboração do grupo de palhaços "Cirurgiões da Alegria", foram encenadas, com um toque de humor, situações do dia a dia do profissional da saúde para conscientizá-lo sobre a importância do uso de EPIs.

Além disso, são elaborados materiais educativos como folders e cartazes para orientação dos trabalhadores em relação à prevenção de acidentes, à NR 32, aos EPIs e à higienização das mãos, etc.

UST
A UST é a unidade especializada em Medicina e Segurança do Trabalho do Hospital Municipal Dr. Mário Gatti. Tem por objetivo a promoção da saúde e a proteção da integridade do servidor em seu local de trabalho. É formada por médicos do trabalho, enfermagem do trabalho, engenheiro e técnicos em segurança do trabalho, além de uma equipe de apoio multidisciplinar composta por assistente social, terapeuta ocupacional, fisioterapeutas e médico acupunturista.

Fonte: Prefeitura Municipal de Campinas
  •  Facebook
  •  Twitter
  •  Google+
  •              Print Friendly Version of this pageImprimir Get a PDF version of this webpagePDF   

0 comentários:

Postar um comentário

Seja Bem Vindo!

Seu comentário é sempre bem vindo! Basta respeitar. Comente, opine, se expresse! Esse espaço é para você!
Se quiser fazer contato por e-mail, utilize o Formulário de Contato. Ao comentar você concorda com nosso Termos de Uso

Espero que tenha gostado do Blog SNC!, Volte Sempre!

* Não aceitamos propagandas de outros sites/blogs nos comentários sem a prévia autorização*