5 de março de 2016

Higiene Ocupacional [ Mini Curso Grátis ]



Sempre ouvimos falar da Higiene Ocupacional, mas nem sempre sabemos exatamente o que é ou para que serve, só sabemos que lá na empresa tem e alguém faz uso, certo?
Pois então, vamos entender o que é a Higiene Ocupacional e para que ela serve.

Para quem está iniciando ou para quem já está na área esse artigo será muito bacana e no final dele deixarei um curso de Higiene Ocupacional em 4 módulos escrito por Mauricio Raposo de Souza, vale a pena.

Então vamos deixar de blá, blá blá e vamos logo ao que interessa.

O que é Higiene Ocupacional?
Higiene ocupacional é responsável por avaliar e analisar os riscos ocupacionais, assim como promover medidas corretivas e preventivas relacionadas ao ambiente de trabalho, assegurando a saúde do trabalhador.

Qual seu Objetivo?

Eliminar ou reduzir os agentes agressivos de natureza química, física ou biológica encontrados no ambiente de trabalho, capazes de acarretar doenças profissionais ou qualquer outro prejuízo a saúde do trabalhador.

Toda e qualquer atividade impõe riscos, os quais denominamos “Riscos Ocupacionais”. Estes riscos podem ser divididos em dois grandes grupos:

Riscos de Acidentes: caracterizado como sendo aqueles cujo contato com uma energia ou substância provocam lesões imediatas. Assim entendidas aquelas em que uma vez estabelecido o contato, conhecemos o resultado na hora. E é uma lesão.
Exemplo.: Ao atritarmos uma superfície cortante contra a nossa pele conhecemos o resultado na hora. É um corte. Estão neste grupo, entre outros :
Choque elétrico; Projeção objetos/produto; Perfurações; Queimaduras; Incêndios/Explosões; etc.
Esse grupo é tratado pela prática da Segurança do Trabalho, e os agentes que o compõem são denominamos de “Agentes Mecânicos”

Riscos de Doenças: Caracterizados por situações de exposição com possibilidades de originarem lesões mediatas. Assim entendidas aquelas em se processa o contato, porém não é possível precisar o momento exato em que se deu a exposição que originou o dano ao estado de saúde do trabalhador.
São exemplos: Ruído/Vibrações; Radiações Ionizantes; Radiações Não Ionizantes; Gases/Vapores; Névoas/Vapores; Poeiras/Fumos; Pressões Anormais; Movimentos Repetitivos; Posturas Inadequadas; Temperaturas Extremas (Calor/Frio); etc.
Esse grupo é de responsabilidade da Saúde Ocupacional.

Consequências da Exposição aos Agentes Agressivos
Enfermidade profissional; fadiga; acidentes de trabalho; envelhecimento e desgaste prematuro e insatisfação.

Fases da Higiene Ocupacional
Antecipação: São considerados os riscos ambientais que poderão ocorrer nos ambientes de trabalho, visando a introdução de sistemas de controle durante as fases de projeto, instalação, ampliação, modificação ou substituição de equipamentos ou processos;

Reconhecimento: Identificar os riscos ambientais que podem influenciar a saúde dos trabalhadores. Nesta fase torna-se necessário um estudo sobre matérias primas, produtos e subprodutos, métodos e procedimentos de rotina, processos produtivos, instalações e equipamentos existentes. É a primeira avaliação qualitativa do ambiente de trabalho;

Avaliação: É a fase da avaliação quantitativa dos riscos ambientais através de medições de curto ou longo prazo nos ambientes de trabalho e comparação com os limites de tolerância. As avaliações devem ser realizadas após a elaboração de estratégias de amostragem que devem estar de acordo com as técnicas de avaliação e análise selecionadas.

Controle: O controle deve ser dimensionado levando-se em consideração os recursos técnicos e financeiros, sendo preferencialmente recomendados os controles de engenharia. Esta é a fase mais importante, devendo ser iniciada, sempre que possível, durante as fases de antecipação e reconhecimento.

1 Antecipação (Fase de prevenção de riscos);
2 Reconhecimento (Identificação dos riscos);
3 Avaliação (Constatação da presença do agente com quantificação);
4 Comparação com o Limite de Tolerância;
5 Controle (Medidas a serem adotadas após a comparação).

E dessa forma conseguimos fazer a identificação e controle desses riscos e conseguimos também garantir a integridade física e saúde do trabalhador.

Vou deixar para Download Grátis um  Curso de Higiene Ocupacional em 4 módulos escrito por Mauricio Raposo de Souza, que é muito bom. O curso traz o conceito das etapas da elaboração do Programa de Prevenção de Riscos Ambientais e orienta quanto ao correto manuseio dos equipamentos de medição ambiental.

curso hig ocupacional

Gostou do artigo? Gostou do material?  deixe seu comentário, compartilhe para os amigos.

Bons estudos!
  •  Facebook
  •  Twitter
  •  Google+
  •              Print Friendly Version of this pageImprimir Get a PDF version of this webpagePDF   

2 comentários:

  1. Boa noite professor Eduardo!
    Meu nome é Orlando,tive aulas com o sr. aqui em Mato Grosso em uma usina, na época o sr. me aconselhou a voltar a estudar, eu voltei e hoje sou TST formado.
    Gostei muito do blog e dos materiais que o sr. disponibiliza, muito bom mesmo. Baixei esse material de Higiene Ocupacional e foi muito interessante e me ajudou muito.
    Muito Obrigado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Orlando,
      como vai amigo. Seja sempre bem vindo ao Blog!

      Me lembro de você sim, que bom que voltou a estudar e seguiu a área de segurança.

      Aqui no blog, nossos materiais são disponibilizados gratuitamente como base para estudo e aperfeiçoamento. Fique a vontade em conhecer mais e mais.

      O mini curso que você baixou é um excelente material, aproveite.

      Mantenha contato sempre que quiser, tem as redes sociais, e-mail e formulário de contato.

      Grande abraço!

      Excluir

Seja Bem Vindo!

Seu comentário é sempre bem vindo! Basta respeitar. Comente, opine, se expresse! Esse espaço é para você!
Se quiser fazer contato por e-mail, utilize o Formulário de Contato. Ao comentar você concorda com nosso Termos de Uso

Espero que tenha gostado do Blog SNC!, Volte Sempre!

* Não aceitamos propagandas de outros sites/blogs nos comentários sem a prévia autorização*