1 de março de 2017

Reconhecendo um AVC



O que é um AVC?
AVC (Acidente Vascular Cerebral) ou popularmente conhecido como "derrame", causa alteração repentina da circulação sanguínea no cérebro, causando evento agudo potencialmente grave. Faz uma vítima a cada cinco minutos no Brasil, sendo a maioria delas formada por mulheres.

Ele pode ser isquêmico ou hemorrágico, isto é:

AVC Isquêmico (AVCi) é quando existe a obstrução do vaso sanguíneo no cérebro. É bem mais comum que o hemorrágico (cerca de 80% de todos os AVC´s). Pode ocorrer um qualquer região do cérebro.



AVC Hemorrágico (AVCh) é quando existe a ruptura de vaso sanguíneo no cérebro. Cerca de 20 % doa AVC´s são hemorrágicos. Geralmente estão associados a hipertensão arterial mal controlada.



Com isso se dá a alteração repentina da circulação sanguínea no cérebro, causando evento agudo potencialmente grave.
Deve ser identificado e o mais rápido possível a fim de se dar o tratamento adequado, para minimizar o risco de vida ou de sequelas graves.



Quem tem maior chance ou risco de ter AVC?

Pessoas em maior risco de ter um AVC é aquele com mais de 50 anos e com fatores de risco: Cardiovasculares;
Diabetes;
Colesterol Alto; 
Hipertensão Arterial Sistêmica; 
Obesidade;
Tabagismo; 
Doenças cardíacas com ICC (insuficiência Cardíaca Congestiva) ou arritmias (principalmente fibrilação atrial);
entre outros.
Todos os fatores de risco reversíveis devem ser monitorados e controlados.



Sintomas de um AVC

Fraqueza facial com dificuldade para sorrir e canto da boca ou olhos com aparência caída.
Fraqueza nas pernas em um dos lados do corpo.
Dificuldade para articular palavras, assim como para entender o que as pessoas dizem. Às vezes as pessoas ao redor não entende claramente o que a outra está falando, confusão mental.
Perda de visão, de um ou dos dois olhos.
Tontura e desequilíbrio.
Dor de cabeça forte e perpétua.
Dificuldade para movimentar os braços.

Como identificar um AVC?

Existem algumas maneiras simples de identificar alguém que está com suspeita de AVC. Veja abaixo como verificar os sintomas de AVC:
- Peça para que a pessoa sorria com força e assim observe a simetria de sua face. 
- Peça que levante os dois braços e que mantenha ambos alinhados. Observe se ocorrerá a queda de algum deles.
- Peça que a pessoa responda a uma pergunta simples, caso ocorra alteração do discurso ou da voz algo de errado pode estar acontecendo.



Fazendo Prevenção

O melhor tratamento para o AVC é identificar e tratar os fatores de risco como a hipertensão, aterosclerose, o diabetes mellitus, o colesterol elevado, parar o tabagismo e o etilismo, além de reconhecer e tratar problemas cardíacos.  Essa é prevenção primária.


Se houver atendimento médico rápido, dentro de um determinado tempo, a área afetada poderá ser normalizada. Essa é prevenção secundária.



[ Se esse artigo foi útil para você, comente e compartilhe. Isso faz com que outras pessoas  compreendam melhor o assunto e também expressem suas opinião. ]

Bons estudos!

  •  Facebook
  •  Twitter
  •  Google+
  •              Print Friendly Version of this pageImprimir Get a PDF version of this webpagePDF   

0 comentários:

Postar um comentário

Seja Bem Vindo!

Seu comentário é sempre bem vindo! Basta respeitar. Comente, opine, se expresse! Esse espaço é para você!
Se quiser fazer contato por e-mail, utilize o Formulário de Contato. Ao comentar você concorda com nosso Termos de Uso

Espero que tenha gostado do Blog SNC!, Volte Sempre!

* Não aceitamos propagandas de outros sites/blogs nos comentários sem a prévia autorização*